Segunda-feira, 1 de Maio de 2006

Ainda sobre Ibérismo...

 

Mário Lino: uma pancada nos portugueses

1. Numa Espanha cada dia mais plural, chamar-se «iberista» é, no mínimo dos mínimos, bizarro. (E foi em Espanha - por ironia, logo na Galiza - que Mário Lino se o declarou). Pode-se, com isso, agradar a Madrid, claro. Mas galegos, bascos, catalães e andaluzes (as comunidades que se desejam tratadas como «nações») franzem a testa. É muita gente. São já a maioria dos espanhóis.

2. «Iberista» é um conceito português. É uma doutrina resvaladia, de espíritos destravados, mesmo se (como Antero ou Oliveira Martins) inteligentes. É uma pancada que dá aos portugueses em épocas de crise. Não, o corrector ortográfico do castelhano não reconhece esse vocábulo, «iberista».

3. Ainda nenhum governo português desenvolveu uma «política espanhola». Uma que respondesse à questão: o que é exactamente a Espanha para nós? Tudo o que existe é jurisprudência interjeccional. Pergunta-se ao PM qual é a prioridade internacional portuguesa, e ele responde: «Espanha. Espanha. Espanha». E o PR não deixou passar uma oportunidade, na campanha das presidenciais, para lembrar quanto a Espanha se está (e está) a desenvolver.

4. José Manuel Rodríguez Zapatero não dura sempre. As sondagens continuam a dar a Aznar (digo bem, Aznar) uma razoável esperança de retorno. É bom lembrar que a extrema-direita espanhola (que não tem partido próprio) está em postos de comando do PP espanhol.

5. Declarar-se «iberista» é uma forma de lirismo. Ser líricos (e submissos, e pobres, e ibericamente migrantes) será o nosso particular papel na Ibéria - na Ibéria com que, segundo informa Mário Lino, o Governo de José Sócrates sonha.

6. A Espanha é um país magnífico de mais para ser tão desconhecido por portugueses responsáveis. Uma declaração de «iberismo» é, também, uma de incultura. 

Independência em perigo editou às 21:37
link do post | comentar | favorito
5 comentários:
De iberismosim a 2 de Novembro de 2007 às 16:37
eu quero ser espanholllllllllllllllllll
De RESPONDENDO AO IDIOTA a 2 de Novembro de 2007 às 18:21
certamente também queres ser gay para que os espanhois te comam...
De iberismosim a 3 de Novembro de 2007 às 07:16
Eu penso que o povo de Olivença ficou triste , não por deixar de ser português , mas sim por deixar de ser ALENTEJANO. Foi uma grande perda para a nação alentejana.
De editou a 3 de Novembro de 2007 às 07:32
Caro visitante, eu criador deste blogue sou Alentejano, e não consegui entender seu comentário "nação alentejana" divisionismos não amigo. O Alentejo é uma provincia de Portugal é verdade que deveria ser mais apoiada pelo poder politico mas isso é outra história. Pessoalmente entendo que o povo Oliventino é alentejano,português e colonizado por Castella.
De Joao EU céptico a 14 de Maio de 2008 às 17:18
Mário Lino é iberista? Veja-se a insistência na localização do aeroporto na Ota em vez de Alcochete. Alcochete fica a caminho de Espanha, assim pode receber passageiros da Extremadura espanhola (e tirar lucro com isso). A Ota tira passageiros ao Porto.

Mário Lino é um traidor que não deve estar no governo. Aliás, toda a classe política portuguesa está corrompida pelos espanhois.

Portugal tem que fazer o contrário do que tem feito e defendido até agora. Portugal tem que:
1 - Tem que ter marinha mercante.
2 - Tem que taxas portuárias mais baixas que as dos portos espanhois.
3 - Tem que ter centrais nucleares, para ter energia mais barata e não estar dependente da energia espanhola,
4 - Tem que procurar exportar para os países da zona atlântica, sobretudo os que agora estão a ganhar dinheiro com a exportação de petróleo (Nigéria, Angola, Brasil, EUA, Argentina, Canadá, Noruega , Reino Unido)
5 - Tem que baixar o IRC para 10% (mínimo permitido pela UE), para ganhar competitividade e não ficar atrás de todos os países que já o fizeram e, ou ultrapassaram Portugal, ou vão ultrapassar a curto prazo: Irlanda, Estónia, Bulgária , Roménia, Letónia, Eslováquia, Rep . Checa.
6 - Tem que sair da UE e ficar apenas no espaço económico europeu para acabar definitivamente com o IRC.
7 - Tem que sair da UE, para que possamos voltar a ter marinha mercante, frota pesqueira, produção agrícola , o fim dos limites discriminatórios na emissão de CO2 , etc.
8 - Temos que ter mais liberdade económica, para fomentar a criação de empresas e de riqueza, para que não sejamos tentados a defender a integração em Espanha.

Não podemos ser passivos. A independência de Portugal está em risco. É necessário manifestarmo-nos e organizarmo-nos contra a integração política em Espanha, contra a discriminação económica de Portugal na UE, pela saída de Portugal da União Europeia.

Joao
mandapamim@hotmail.com

Comentar post

Junho 2008

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

pesquisar

 

Arquivos Recentes

Depois do Allgarve... esp...

Opiniões...

Palavras bem actuais...

Dá gosto viver em Portuga...

Mau serviço a Portugal

Incrível! Inqualificável!

SÓCRATES E OLIVENÇA

O estado da Nação

É sempre bom lembrar...

Só se os portugueses quis...

Arquivos

Junho 2008

Maio 2008

Março 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Novembro 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

Nossos grupos


Olivença é Portuguesa (msn)
Por Olivença (Orkut)
Por Olivença (Gazzag)
Viver Livremente (Yahoo)
Liberdade Cristã (Yahoo)
Liberdade Cristã (Gazzag)
Liberdade Cristã (Orkut)

Nossos sites


Nossos sites & Blogs
Miguel & Sylvia
Homepage de Miguel Roque
Orgulho de ser Alentejano
Liberdade cristã

Nossos Blogues


Tuga & Zuca
Filhos & Netos
Caminho de Fé
Busca primeiro o Reino
Liberdade Cristã (blog)
Viver Livremente
Alentejano de alma e coração
Alentejo Abandonado
Meu Alentejo amado
Sonho Alentejano
Povo Lusitano
Amizade, Portuga-Galiza
Aqui fala-se português
Península Ibérica
Península Ibérica-ZipNet
Republica, sim…
Independência em perigo
EU, acredito em Portugal
Portugal Ressuscitado
A Bandeira Vermelha
Bandiera Rossa
A voz do proletário
Olivença é Portuguesa
Jornal de Olivença
No meio do inimigo
Sylvinha em Portugal
Sub-blog do tapete
Vira útil
Chiquinha e nós

Defendendo Olivença


Em defesa do português Oliventino

Olivença back to Portugal
blogs SAPO

subscrever feeds

tags

todas as tags