Domingo, 2 de Abril de 2006

Ainda a maternidade de Elvas...

MAU EXEMPLO NA SAÚDE
 

DIÁRIO DE NOTÍCIAS
cartas, 02-Abril-2006
 (Ainda a maternidade de Elvas)

 

 Nunca pensei concordar com o "leader" do PSD, já que estou longe da sua área política, mas, por uma vez, acho que ele tem razão. Não pode um Estado alijar responsabilidades de soberania a um nível tão elementar como o de nascimento de cidadãos NO SEU PRÓPRIO TERRITÓRIO.

Um Estado que faz isto abdica do DIREITO de existir. Como se tal não bastasse, tudo isto foi feito contando com o vizinho espanhol, SEM OUVIR A OPINIÃO DESTE,...a julgar pelas reacções de espanto, e até de alguma indignação, dos médicos da Maternidade do Hospital de Badajoz.

Não brinquemos com coisas sérias. Não brinquemos com coisas sérias. É obrigação de qualquer estado, mesmo na União Europeia, cuidar minimamente dos seus cidadãos, que para isso pagam impostos. E, neste caso, as fronteiras contam.

Badajoz paga a Madrid, Elvas paga a Lisboa. É irresponsável fechar uma Maternidade com base em critérios meramente economicistas ( como, aliás, outros serviços), quando há, neste caso, e ainda por cima, proble mas que se prendem com o exercício da Soberania de Portugal enquanto ESTADO INDEPENDENTE. Em questões como esta se começam por definir atitudes. Não vejo nenhum outro Estado da UE ( e muito menos a Espanha) a "resolver" problemas de sustentação de um serviço fundamental "descartando-o" para o Estado vizinho.

Há limites para tudo. O Estado Português excedeu-os. Urge dizer que não é possível concordar com um tal grau de desresponsabilização. Com que autoridade vai Lisboa, depois de uma tão ilógica e ofensiva decisão, reclamar a recepção de impostos por parte dos elvenses ? Pela lógica "socrática", concentraremos meia dúzia de Serviços em meia dúzia de grandes centros, e "despovoaremos" o resto do País !

Carlos Luna
ESTREMOZ

 

Independência em perigo editou às 21:13
link do post | comentar | favorito
1 comentário:
De carlos ferreira a 17 de Maio de 2006 às 16:33
Acho muita graça a esta polémica da maternidade de Elvas. Gostava que os Elvenses respondessem a esta questão: Quem é menos Português? quem nasce em Badajos e ao fim de dois dias regressa a Portugal ou a maioria dos habitantes de Elvas e povoações próximas que metem gasolina em Badajós, compram a roupa nos "mercadillos" e centros comerciais de Badajós, que compram a alimentação nos Carrefour do outro lado, que vão aos médicos especialistas de Badajós porque lá uma consulta de especialidade custa 35euros (oftalmologia, ortopedia,etc,etc), que á noite frequentam os bares porque lá há efectivamente vida nocturna. Façam esta pergunta aos comerciantes de Elvas e eles vos darão a resposta.

Comentar post

Junho 2008

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

pesquisar

 

Arquivos Recentes

Depois do Allgarve... esp...

Opiniões...

Palavras bem actuais...

Dá gosto viver em Portuga...

Mau serviço a Portugal

Incrível! Inqualificável!

SÓCRATES E OLIVENÇA

O estado da Nação

É sempre bom lembrar...

Só se os portugueses quis...

Arquivos

Junho 2008

Maio 2008

Março 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Novembro 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

Nossos grupos


Olivença é Portuguesa (msn)
Por Olivença (Orkut)
Por Olivença (Gazzag)
Viver Livremente (Yahoo)
Liberdade Cristã (Yahoo)
Liberdade Cristã (Gazzag)
Liberdade Cristã (Orkut)

Nossos sites


Nossos sites & Blogs
Miguel & Sylvia
Homepage de Miguel Roque
Orgulho de ser Alentejano
Liberdade cristã

Nossos Blogues


Tuga & Zuca
Filhos & Netos
Caminho de Fé
Busca primeiro o Reino
Liberdade Cristã (blog)
Viver Livremente
Alentejano de alma e coração
Alentejo Abandonado
Meu Alentejo amado
Sonho Alentejano
Povo Lusitano
Amizade, Portuga-Galiza
Aqui fala-se português
Península Ibérica
Península Ibérica-ZipNet
Republica, sim…
Independência em perigo
EU, acredito em Portugal
Portugal Ressuscitado
A Bandeira Vermelha
Bandiera Rossa
A voz do proletário
Olivença é Portuguesa
Jornal de Olivença
No meio do inimigo
Sylvinha em Portugal
Sub-blog do tapete
Vira útil
Chiquinha e nós

Defendendo Olivença


Em defesa do português Oliventino

Olivença back to Portugal
blogs SAPO

subscrever feeds

tags

todas as tags